Troca de tensor Baixo DeOliveira

Não é sempre que alguém percorre algo em torno de 700km por conta do meu trabalho. Já recebi alguns instrumentos de outros estados. Mas a pessoa sair de Minas para o Rio de Janeiro, mais precisamente Santo André, ir para rodoviária de BH e viajar por 10h para fazer um trabalho comigo é algo muito satisfatório para mim.
O Gustavo, havia comprado esse DeOliveira e mandou regular com um Luthier da região, me disse que mal havia tocado com o baixo pois já veio desregulado, e que até então estava tudo certo. Ao voltar da regulagem descobriu que a pessoa que fez a regulagem, conseguiu quebrar o tensor.

 

DSCF9708 Além do baixo, também havia uma guitarra, para fazer uma nova pintura e dar uma geral na elétrica, portanto preferiu enviar pela transportadora e vir buscar quando estivesse pronto.  Não pude deixar de perceber o carinho que teve ao embalar tudo antes enviar e mesmo que esteja no seguro é sempre bom prevenir.

DSCF9710 Ao desembalar fiquei de cara encantado. É um instrumento muito bonito, bastante chamativo até, pelo acabamento na madeira com esse top em piopo e as ferragens douradas, aparentemente novo.
Peguei, conferi que realmente um dos tensores estava quebrado pois a chave girava totalmente solta, e além disso o outro estava totalmente espanado. É uma pena pois um instrumento desse é bem caro e tem um certo valor sentimental, até por ser um instrumento diferenciado.

 

DSCN2087   Entrei em contato com o Luthier Rafael Gomes, que é pra mim é um dos profissionais que mais admiro dentro da área e realiza um trabalho com muito primor. Perguntei a ele qual seria a melhor forma de remover essa escala, o mesmo foi muito atencioso e me deu dicas bem valiosas. Já havia feito este mesmo tipo de trabalho em instrumentos mais simples, não menos complicados, mas esse além do braço colado junto ao corpo, havia litros de um verniz bem grosso por cima de todo o instrumento, principalmente nos cantos do braço e da escala. Onde tudo foi refeito depois.

 

DSCN2394 Tensor removido, hora de limpar as cavidades para encaixar os novos tensores, em inox dessa vez!

 

DSCN2590 Depois de todo o baixo pronto, a escala já colada, o verniz já refeito, trastes, encordoamento Ernie Ball, e regulado, foi a hora do Gustavo vir buscar o baixo. Fui buscá-lo na rodoviária no sábado 8/07 e voltou no mesmo dia pela noite. Passamos o dia inteiro aqui em casa fazendo alguns pequenos ajustes na regulagem, e por vontade do mesmo removemos a capa do captador feita em madeira, além da instalação de um Roland GK-3b

 

DSCN2586

Passamos o dia conversando, tocando, falando sobre música em geral, ouvindo muita música boa, rimos, nos divertimos, comemos, bebemos. De 6 da manhã às 20h da noite rolou muita ideia boa, o Gustavo é um músico de mão cheia e além de tudo é humilde e bastante educado. No fim do dia me despedi com a consciência de que todo esse trabalho que eu tenho feito em 7 anos não têm sido em vão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s