Customização: Texas Ford Prata.

 Customização de instrumentos é uma atividade bastante procurada pelos músicos nos dias de hoje. O fato de se ter diversas opções de cores, modelos, sonoridades, pegadas, e outras mil possibilidades de acordo com as suas necessidades, anima qualquer um. Afinal, quem não quer ter um instrumento único que é a sua cara ?!

DSCF2736

  Tenho me esforçado muito para conseguir os melhores resultados sempre e isso têm influenciado muito no meu trabalho, vejo que a cada dia chega guitarras e mais guitarras para serem customizadas por seus donos. Gabriel Oliveira foi uma deles e nos trouxe essa Squier Stratocaster.  Já antes pintada com uma vermelho fosco, e estava com algumas falhas e arranhões na pintura, então ele resolveu trocar.
A pintura com acabamento fosco normalmente é mais frágil, qualquer simples batida ou arranhão qualquer pode deixar marcas, sem contar que até o próprio suor pode a deixar manchada. Diferente do verniz PU (poliuretano) que uso hoje em dia, que protege bem a pintura, independente de camadas finas ou não, ele é bem resistente e dá ótimos resultados em acabamentos com alto brilho, quando bem aplicado.
A ideia inicial era era uma creme, quase um perolado. Mas como o fornecedor das tintas que uso fez a tinta errada; depois de algumas semanas na tentativa frustrada de misturar pigmentos e outras tintas para chegar ao ponto certo, combinamos de usar a tinta que me foi enviada. Texas Ford Prata.

DSCF2743  Primeira coisa a se fazer foi desmontar tudo e meter lixa. O problema maior  foi que pintaram o vermelho por cima da pintura original, estava bem grossa e deu um trabalhinho pra remover tudo.  Esses casos para evitar qualquer tipo de perda ou outras reclamações todo o restante das peças são guardadas no mesmo dia.

DSCF4897  Já não é a primeira vez que uso tinta poliéster, até então pouco procurada pelo pessoal, que escolhe sempre uma cor sólida. O poliéster tem uma tom mais metalizado com um tipo de Sparkle, e têm sido bem satisfatório os resultados que tenho conseguido por aqui.

DSCF4884

      O resultado da combinação do Poliéster com o PU é esse aí, brilho intenso e duradouro com proteção total sem comprometer a sonoridade.

DSCF4876

    Foto do corpo pronto após a pintura.

 DSCF4939

           Sinceramente eu não havia gostado da cor inicialmente, cheguei a chamar de cor de cimento inclusive, mas nada que a mágica do verniz PU não resolva, e como muitas das guitarras que passam por aqui, depois de prontas eu termino ficando apaixonado por elas, e com essa não foi diferente.

DSCF4941                                         Nada que muito carinho e dedicação envolvido não possa fazer, o resultado esta aí.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s