Pintura Contra baixo 6 cordas Fretless

 Quando o Daniel me procurou, e me mandou a foto do seu contrabaixo, e as opções de cores que queria, logo me empolguei e com certeza pensei em fazer o melhor trabalho possível. O Daniel já passou por aqui e deixou um outro super baixo De Oliveira dele para trocar o verniz, que pode ser conferido clicando aqui. E como sempre ao som de alguma coisa que estou ouvindo, hoje a trilha é um dos discos mais clássicos do progressivo nacional, O Terço – Criaturas da Noite. Tenho escutado e estudado bastante banda nacional dos anos 60 e 70, como Módulo 1000, Ave Sangria, A bolha, e alguns outros super clássicos de 69, pra mim a melhor fase da música brasuca, Gal Costa, Gilberto Gil, Caetano, e alguns outros.

DSCF0723
Logo quando chegou fiquei bastante animado, não é sempre que se vê um desses por aí, preto fosco carrancudo, 6 cordas, Ativo, pré amp dos bons, bem bolado, parece coisa de baixista de Black Metal, mas não ! O cara toca em um banda de pop rock, e talvez por isso resolveu dar uma cara diferente para o instrumento.
Um fato inesperado que aconteceu durante a transformação do mesmo é que quase eu fiquei cego, infelizmente me descuidei durante a aplicação de uma das camadas do verniz e deixei a tampa do recipiente da pistola, onde fica o verniz, um pouco aberta e levantando o braço pra alcançar o headstock aqui virou em cima do meu rosto, foi aterrorizante, entrei em desespero, larguei tudo e corri para o banho, pra tentar remover aquilo, enquanto meu rosto todo fervia, o sangue subia, o corpo foi ficando quente e minha visão foi apagando, resumindo fui parar no hospital com o olho colado de verniz. Chegando lá, não fui atendido nem na recepção, pois estavam em troca de turnos como me disseram, esperei algo em torno de meia hora e nada, e isso se tratando de uma emergência, resolvi voltar pra casa e tentar resolver isso em casa mesmo. Uns banhos de colírio de hora em hora e muita água no rosto, fiquei com, entre 80, 70% da pouca visão que tenho por uns dias e os cílios que pareciam que tinha passado rímel, do olho direito ainda tem até agora.

.

DSCF0742

Primeira coisa, foi remover toda a pintura e deixar todo na madeira,  com o preto fosco antes, mas era desses mais recentes de uma das linhas da Sherwin Williams, produtos de pintura com quais eu trabalho. Era aquele fosco com textura envelopada que usavam ou ainda usam em carros por aí. Incrivelmente o preto fosco é bem fácil de remover, ele é quebradiço e bem fino, já que poucas demãos bastam, pois não precisa de um acabamento igual o PU ou Nitro com brilho.

DSCF0853  No começo  uma das idéias para a cor era um “Green Burst” mas como o Luthier que construiu esse baixo deu uma leve deslizo, terminou lascando ou abrindo um buraco no corpo, que foi tapado com uma massa, resina transparente, essa mancha escura que se vê na foto.

DSCF0865 O corpo do baixo só na madeira com verniz ficaria lindo, ou talvez até mesmo o Green Burst, mas o que atrapalhou mesmo foi a cicatriz que tinha no corpo do baixo, poderia sim ser feito o burst, mas teria que puxar muito o preto para o meio e não ficaria legal, mas o destaque das faixas no meio seria perfeito.

DSCF1039
.                 A cor escolhida foi o Verde Vivaldi como consta no catálogo, carinhosamente batizei como “verde carro do meu pai”DSCF1055        Detalhes do polimento

DSCF1275

Confesso que todas as pinturas que me aparecem são as bem tradicionais, algumas bem básicas, e temos uma infinidade de cores para explorar.  Essa foi a primeira vez que tive de usar tinta poliéster devido ao tipo de cor, não existe em PU e acostumado sempre a usar o PU (poliuretano) até estranhei um pouco, é bem diferente o modo de pintura.  Vocês podem abusar sempre, soltar imaginação e mandar ver na criatividade, que daqui eu faço acontecer.

DSCF1307

E como não é só a pintura, a escala mesmo sendo fretless também recebe um tratamento. Limpa, e hidratada e lixada tão fina que quase polida.

DSCF1292

Anúncios

2 respostas em “Pintura Contra baixo 6 cordas Fretless

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s